O Museu Huguenote Daniel de La Touche

O Museu Huguenote Daniel de La Touche, é conhecido oficialmente por Casa de Cultura Huguenote Daniel de La Touche. Está instalado em um casarão típico e histórico de São Luís que pertenceu a Catarina Mina, situado no Beco Catarina Mina.

É um dos poucos logradouros do Centro Histórico de São Luís que leva nome de uma mulher, e o único que homenageia uma negra. Em 1930, o lugar teve nome mudado para Djalma Dutra em homenagem a um dos heróis do Forte de Copacabana em 1922.

O Beco que começa na Av. D. Pedro II (Largo do Palácio) e finda na Travessa da Alfândega (Rua Joao Gualberto), nos muros da Câmara Municipal, nascia na Praia de Acaju, à beira do mar, correspondendo à entrada lateral do Palácio. O Beco tem 35 degraus em pedras Lioz e cantaria do século XVII.

Foi inaugurado em 08 de Setembro de 2014, a Casa de Cultura Huguenote Daniel de La Touche se refere à fundação da Cidade de São Luís e toda a sua historicidade francesa, bem como o conjunto de bens culturais que esta civilização nos presenteou, registrados em livros e peças espalhadas e desconhecidas.

A Proposta da instituição é ser um museu de artes, cultura, história e memória da Fundação Francesa na Cidade de São Luís, Maranhão, Brasil.

O Museu não têm vínculos governamentais e se mantém através de doações de particulares que visitam.

O objetivo do museu é fortalecer a identidade cultural franco-protestante, ou melhor huguenote.

About the author: museuhuguenote

Leave a Reply

Your email address will not be published.